Quem Cultiva a Terra será Saciado de Pão

Dentro do livro de Provérbios há uma serie de provérbios em que se exalta o trabalho e a dedicação com vistas a obtenção de prosperidade econômica e social.
‘’Quem cultiva a terra será saciado de pão, quem persegue quimeras é um insensato ‘’ (Pv.12,11) .

Tais indicações têm sido utilizadas para compor algo como uma ‘’teologia da prosperidade’’, em que a busca da riqueza estaria ressaltada. ‘’Em Provérbios encontramos esta prosperidade, mas sempre como conseqüência de ações de justiça.’’

A sociedade pressuposta por esse tipo de reflexões proverbiais é uma economia relativamente estável, em que as desigualdades são percebidas, mas não se vivenciam perturbações externas demasiadamente fortes. Ainda que o ideal dos ensinamentos proverbiais seja a constituição de uma situação de bem-estar e prosperidade, esta sempre tem na pratica da justiça o eixo ético norteador. ‘’ A prosperidade econômica injustamente alcançada não e prosperidade.’’
A pratica da justiça, neste caso, significa a vivencia eticamente regrada segundo os costumes e as normas comunitárias. Neste sentido, por exemplo, a cobrança de juros é algo a ser evitado.

 

Joaquim Oliveira_O criador de Ideias

A Arvore da Vida

Este é o principal alvo da sua vida? Você está atingindo bem o seu objetivo?

O grande objetivo da sua vida é ser uma árvore de vida – para ganhar almas do pecado e da tolice para a justiça e a sabedoria. Não há chamado maior ou um objetivo maior, em seus relacionamentos com os outros, do que servi-los, fornecendo correção e instrução para agradar ao Criador deles e desfrutarem a vida abundante de santidade e de sabedoria. A medida mais alta do amor e do valor para com os outros homens é o de aperfeiçoá-los diante do Senhor Deus.

Uma árvore de vida produz o fruto de sabedoria e de justiça, o que ajuda homens a encontrarem uma vida boa e de paz, o que é agradável a Deus. A pessoa que é uma árvore de vida tem uma capacidade de mudar a vida das pessoas com quem tem contato. Através de exemplo e de conselhos, ele alimenta e melhora as vidas daqueles que lutam na ignorância e na tolice. Este é a mais nobre e sábia utilização da sua vida.

Este provérbio não ensina que você pode salvar uma alma da punição do pecado para a justiça eterna: ele não ensina que você pode salvar uma alma do inferno eterno para a felicidade no céu – pois só Jesus pode fazer isto. A justiça atribuída, que nos torna legalmente aceitos diante de Deus, é pela graça de Deus e a obediência singular do próprio Jesus Cristo (Jo 1:13; 6:39; 17:2; Rm 5:19; 9:16; Ef 1:3-12; IITm 1:9; Hb 1:3).

Este provérbio não ensina que você pode salvar uma alma da tolice e do erro, que custa aos homens a sua comunhão com Deus e os conduz aos problemas e à destruição nesta vida. Sabedoria conduz à boa vida (Pv 3:18; 4:13; 8:35), E os homens justos auxiliam os outros a encontrá-la. A tolice causa dor e morte aos homens e os homens sábios ajudaram a outros a saírem da tolice e do erro (Pv 8:36; 11:19; 13:14).

Pais podem salvar seus filhos da morte e do inferno – da dor e das dificuldades na vida – usando a vara com sabedoria (Pv 22:15; 23:13-14). Mesmo tendo Salomão usado as palavras morte e inferno, ele não quer dizer que você pode salvar o seu filho do lago de fogo espancando-o. Mas você pode salvá-lo do inferno na terra – um estilo de vida defeituoso e destrutivo – pelo uso da vara.

Salomão, como um pai amoroso, usou muitos provérbios, procurando salvar o seu filho da morte e do inferno de uma mulher estranha – uma meretriz e adúltera (Pv 2:18-19; 5:5; 7:27; 9:18). Muitos sentiram a terrível dor causada pela prostituição e pelo adultério, e isto, em certo sentido, é morte e inferno. Bons pais salvarão as almas dos seus filhos desse grave perigo.

Tiago descreveu a melhor maneira de ganhar almas segundo as Escrituras, quando escreveu, “Irmãos, se algum de entre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador salvará da morte uma alma e cobrirá uma multidão de pecados.” (Tg 5:19-20). O verdadeiro ganhador de almas é aquele que ajuda seus irmãos em Cristo, tirando-os do erro para a verdade, que é o ato de conversão. Só Deus pode regenerar um homem da morte para a vida. Nós necessitamos de repetidas conversões durante as nossas vidas, mas só precisamos da regeneração de Deus, uma só vez.

Você é uma árvore de vida? Outras pessoas lhe agradecem por ajudá-los em suas vidas diante de Deus? Você conquista almas? Quantas almas você conduziu de volta à verdade? Você é conhecido pela sabedoria pendente em seus galhos? Você é uma fonte de salvação das tempestades da vida para aqueles que estão em necessidade? Você ajuda aqueles que estão à sua volta a adquirirem sabedoria e benefícios? Você deve perguntar e responder estas perguntas diante do Deus santo.

Aqueles que conduzem outros à justiça são altamente exaltados à vista de Deus. Daniel louvou os ministros que estavam por vir do Novo Testamento, “Os sábios, pois, resplandecerão como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente.” (Dn 12:3).

 

Joaquim Oliveira_ O criador de Ideias

A disciplina é um sinal de Amor

A disciplina é um sinal de amor. A Bíblia diz em Hebreus 12:5-11 “E já vos esquecestes da exortação que vos admoesta como a filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, nem te desanimes quando por ele és repreendido; pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho. É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos se têm tornado participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além disto, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e os olhávamos com respeito; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, e viveremos? Pois aqueles por pouco tempo nos corrigiam como bem lhes parecia, mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade. Na verdade, nenhuma correção parece no momento ser motivo de gozo, porém de tristeza; mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos que por ele têm sido exercitados.” 
A disciplina é uma expressão de amor paternal. A Bíblia diz em Provérbios 13:24 “Aquele que poupa a vara aborrece a seu filho; mas quem o ama, a seu tempo o castiga.”
Ao disciplinar as crianças quando são pequenas poupa problemas maiores mais tarde. A Bíblia diz em Provérbios 19:18 “Corrige a teu filho enquanto há esperança; mas não te incites a destruí-lo.”

 

Joaquim Oliveira_ O criador de ideias

TEMOR À DEUS

O que é temer a Deus?

Será que algum dia você já se fez essa pergunta? Por que eu já…

Temer não é tremer, muito menos ter pavor. Temor é ter respeito. Ter submissão. Quando tememos ao Senhor, O respeitamos por que reconhecemos a sua majestade, e quando Ele fala obedecemos. Assim como era antigamente, quando nossos pais nos davam instruções, obedeciamos. É verdade que muitas vezes nem entendiamos, ou concordavamos, porém por respeita-los, aceitavamos as suas ordens, isso porque sabiamos que eles sempre queriam o melhor para a nossa vida. Assim também é Deus conosco.

Como diz a Palavra de Deus em Provérbios 1;7: ” O temor  do Senhor é o principio da sabedoria”. Podemos ter 2 esclarecimentos em relação a palavra princípio. A 1° é que traz ideia de inicio, ou seja, quer ser sábio? O seu 1° passo é temer ao Senhor, pois é temendo que você obedecerá os mandamentos de Deus. O segundo sentido é dizer que esta palavra tem um sentido de fundamento, a base para se obter a sabedoria é o temor do Senhor.

Temer não é tremer, muito menos ter pavor. Temor é ter respeito. Ter submissão. Quando tememos ao Senhor, O respeitamos por que reconhecemos a sua majestade, e quando Ele fala obedecemos. Assim como era antigamente, quando nossos pais nos davam instruções, obedeciamos. É verdade que muitas vezes nem entendiamos, ou concordavamos, porém por respeita-los, aceitavamos as suas ordens, isso porque sabiamos que eles sempre queriam o melhor para a nossa vida. Assim também é Deus conosco.

Como diz a Palavra de Deus em Provérbios 1;7: ” O temor  do Senhor é o principio da sabedoria”. Podemos ter 2 esclarecimentos em relação a palavra princípio. A 1° é que traz ideia de inicio, ou seja, quer ser sábio? O seu 1° passo é temer ao Senhor, pois é temendo que você obedecerá os mandamentos de Deus. O segundo sentido é dizer que esta palavra tem um sentido de fundamento, a base para se obter a sabedoria é o temor do Senhor.

Foi assim quando o povo se revoltou com a liderança de Moisés, foi assim com Sodoma e Gomorra, com a torre de babel e entre outros. Digo isto não porque Deus mudou, ao contrário Deus é o mesmo ontem, hoje e eternamente; mas por vivermos no tempo da graça  e termos a oportunidade de nos arrepender verdadeiramente, recebermos dele o perdão e reconstruir nossa vida de comunhão com Ele, muitas pessoas abusam da graça de Deus. Comentem inúmeras vezes o mesmo pecado e como não veem nada de imediato acontecendo, acham que esta tudo bem, invés de se consertar com Deus. Pessoas desafiando a autoridade e os mandamentos de Deus e achando que ficaram impunes se não se arrependerem. O puro engano colocado pelo próprio Satanás.

Não caia nesta armadilha, antes se purifiquem, desviando de tudo que contamina o corpo e o espirito e trabalhem para que a sua santidade seja “aperfeiçoada”, continuando o processo de purificação de estar + próximo do Pai. veja o que diz em II Corintios 7:1

“ORA, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus.”

COMO??????????

  • Lendo a Palavra
  • Orando sem cessar
  • Jejuando
  • Lendo bons livros e programas de TV ( isso inclui filmes)
  • Tendo boas conversas com boas amizades.

Temer a Deus é uma prova de amor e pode ter certeza que os resultados daqueles que temem ao Senhor é a bondade, riqueza, honra e satisfação (Sl 31;19), um relacionamento correto com os outros (Lv. 25;17), vida longa ( Dt6;2), misericordia (Sl 34.7), amparo inabalável ( Pv. 14.26) e o cuidade constante de Deus (Sl 34.7).

 

Joaquim Oliveira _ O Criador de Ideias

 

Você sabe o que são Fintechs ? “revolução no sistema financeiro no mundo”

“Empresas de Fintech são tipicamente aquelas que usam tecnologia de forma intensiva para oferecer produtos na área de serviços financeiros de uma forma inovadora”,

Globalmente, o setor financeiro tem passado por profundas transformações nos últimos anos: a internet e a mobilidade tornaram agências bancárias quase obsoletas, novas ameaças de ataques e de fraude obrigaram instituições a renovar sua segurança digital e tendências como nuvem e Big Data têm modificado a forma como serviços são entregues.

Mas agora, uma nova onda de empresas nascidas já na era destas transformações digitais promete trazer ainda mais mudanças e exigir mais agilidade das instituições financeiras tradicionais que quiserem se manter fortes no mercado. São as Fintechs

De acordo com um estudo apresentado em abril pela consultoria de mercado Accenture, o investimento global na área de tecnologia financeira registrou um salto de 67% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, atingindo a casa de US$ 5,3 bilhões. Em regiões como Europa e Ásia-Pacífico, o investimento em Fintechs chegou a dobrar no mesmo período.

A China, o país mais populoso do mundo, tem dominado o cenário de fintechs global. E o comércio eletrônico é um dos grandes responsáveis por isso. Os EUA, por sua vez, especialmente o Vale do Silício e Nova York, representados pelo pólo tecnológico e a capital financeira do planeta, respectivamente, também têm contribuições importantes quando o tema é revolução da indústria financeira. E o Brasil, país que passa por uma crise política e econômica, que tem uma indústria financeira madura e extremamente regulamentada e oligopolista, está vivendo um período de ascensão de fintechs, abarcando o maior número de empresas nascentes nessa área na América Latina.

No Brasil, a fintech identificou que consumidores brasileiros tinham apenas duas opções para conseguir empréstimos no por aqui: ou apelavam para bancos, com alto nível tecnológico, mas com experiências de usuário ruins, ou para as financeiras, que em geral não têm capacidade de investimentos em tecnologia.

Para preencher esse vácuo de oferta, a empresa implementou sua plataforma, que é entregue completamente online e oferece valores de empréstimo entre R$ 500 e R$ 2,5 mil utilizando mais de 200 fontes diferentes para fazer a avaliação de crédito com cliente – que vai desde cadastros tradicionais, como SPC e Serasa, até as redes sociais do usuário. Atualmente, a empresa tem cerca de 330 mil clientes no país e analisa 5 mil solicitações de crédito diariamente, com a expectativa de triplicar o valor até o final deste ano e atingir a marca de 1 milhão de clientes.

Apesar do avanço das Fintechs, o clima realmente parece ser de colaboração, com fintechs fechando parcerias com instituições financeiras para ganhar experiência e receber investimentos mais rapidamente. Um exemplo foi o programa InovaBra, do Bradesco, que desde 2014 já interage com startups do setor. Mais recentemente, em setembro no ano passado, o Itaú lançou o espaço de co-work Cubo, que é capaz de abrigar até 50 startups e tem a ambição de se tornar um centro de discussão de tecnologia e de inovação em São Paulo.

 

Joaquim Oliveira – O Criador de Ideias

Google Tasks

O Google Tarefas foi lançado no final de 2008 como uma integração ao Gmail e, ao longo do tempo, recebeu pouquíssimas atualizações. Porém, após anunciar uma versão redesenhada do Gmail, o Google lançou um novo aplicativo que integra o conjunto de aplicativos de produtividade: o Google Tasks, o nome do aplicativo indica um local dedicado para criar, visualizar e editar  suas tarefas, colocá-las em uma lista e incluir aquelas tarefas criadas no novo Gmail e no Google Agenda. Você deve estar se perguntando “Para que criar algo que já existia? Se o Gmail já tinha a opção de criar tarefas?” Com a nova reformulação, o Google Tasks veio com um espaço de armazenamento e criação maior. O Aplicativo em si é como uma “TO DO LIST” como as outras. Você pode gerenciar e criar sua lista de tarefas  e dividi-las em sub-tarefas. Pode definir data de vencimento para as mesmas, colocando em prioridade situações que você não pode esquecer, Por si só, o Google Tasks é um aplicativo comum. Entretanto, o que torna o aplicativo interessante é sua integração com os outros serviços do Google, como o Gmail e o Google Agenda. Ser capaz de acessar as tarefas que você criou em outro lugar é útil, bem como sincronizar suas alterações de volta à caixa de entrada.

Além disso, com o aplicativo, é possível rastrear uma tarefa de volta ao e-mail de origem no Gmail e visualizá-la no seu Google Agenda. Este aplicativo tem como função: Guardar rapidamente suas tarefas a partir de qualquer lugar, criar listas de tarefas as suas tarefas para as fazer mais importantes lhe dando a opção de ver e editar tarefas em qualquer lugar e em qualquer dispositivo. Além disso você pode adicionar detalhes e criar sub-tarefas. Dividindo as tarefas em sub-tarefas você pode adicionar detalhes sobre tarefas prioritárias, também pode editar detalhes sobre qualquer tarefa à medida em que for progredindo nela. A facilidade de ver tarefas criadas a partir de e-mails, criar diretamente uma tarefa a partir de um email, manter o registro das datas de conclusão e das notificações, Definir uma data de conclusão para cada tarefa para o ajudar a atingir seus objetivos. Organizando suas tarefas por datas ou atribuindo prioridades ao utilizar a funcionalidade de “arrastar e largar”. Você pode receber lembretes de notificações de datas de conclusão para concluir suas tarefas antecipadamente. Todas essas opções e também podendo Disponibilizar um conjunto de aplicações poderosas e inteligentes da Google para sua empresa como análise e informações de dados a cada um de seus funcionários.

Um aplicativo que não veio para nada a não ser facilitar sua vida e a de seus funcionários. Se procura por um aplicativo que organize praticamente tudo para você. Então não deixe escapar essa dica de ouro! A  Inovação esta onde você esta e começa onde você quiser começar.

 

 

Joaquim Oliveira – O Criador de Ideias

Adventurous Thinking

Adventurous Thinking

Design Thinking teve seu tempo, agora a nova estratégia de inovação chamada Adventurous Thinking é quem dita as regras, um método que amplia o pensamento criativo, promove inovações consistentes e ajuda a tornar sistemas, produtos e estratégias mais robustos e sustentáveis a longo prazo. Combinado com as pesquisas mais recentes sobre caminhos neurais, o Adventurous Thinking apresenta ferramentas e técnicas que permitem que cada pessoa seja mais curiosa e inovadora, faça mais perguntas e menos rotinas.

O Adventurous Thinking se baseia em “cinco lentes”. Cada lente provoca um ponto de vista distinto e extremo em uma estrutura simples e compreensível. Quando usado como um conjunto, essas lentes pluralizam um produto ou sistema e revelam seus múltiplos significados e soluções mais diversificadas. No dia 7 de maio, Sally Domínguez (A criadora deste pensamento) ministrará um workshop presencial na sede da StartSe em São Paulo, o Use o Adventurous Thinking para inovar mais e melhor.

Tendo em mente que Inovação é mais do que somente uma boa ideia.

Inovadores de sucesso aplicam seu pensamento criativo usando ferramentas de desenvolvimento para obterem seu sucesso. Muitas vezes as Ideias inovadoras não acontecem porque estamos ocupados buscando um solução fora, olha para fora buscando inspiração não é a solução. A solução mais obvia porem que ninguém leva em consideração  olhar para dentro da empresa e reavaliar seu capital humano. Aquilo que pode construir seu legado pode estar dentro da sua empresa, bem ao seu lado.

Partindo dessa ideia, o ReThinking é uma lente que envolve a redescoberta e exploração de seus valores mais íntimos. De acordo com Domínguez, essa lente ajudará os participantes a repensar um produto, negócio ou estratégia e, eventualmente, utilizar esse conhecimento acumulado para pivotar.

o Mundo está evoluindo e está fazendo isso rápido demais, há alguns anos a ideia de uma inteligencia artificial andando entre nós era apenas uma ideia e alguém fez com que ela saísse do papel. A velocidade com que a Tecnologia Inova e avança é assustadoramente muito rápida. E agora estão surgindo novas linhas de pensamentos a respeito de como se deve pensar e inovar em uma empresa. Se o trem passa e voce não o acompanha, voce se atrasa e terá que aguardar o próximo trem e infelizmente no mundo dos negócios. Esperar pelo próximo trem não é seguro, não se sabe até onde o trem anterior andou e tudo o que voce acabou perdendo não é mesmo?

Então pense e busque, procure informações, busque fazer perguntas, pesquise novas ideias mas entenda que de dentro de voce as “Velhas” ideias também podem gerar sucesso.

Esteja atento pois num piscar de olhos a evolução nos alcançou!

 

Joaquim Oliveira – O Criador de Ideias

Tecnologia que Assusta?

Sophia, O Robô que tem causado Polêmica e paixão nos humanos!

Sophia foi ativada no dia 19 de abril de 2015. Modelada em homenagem à atriz Audrey Hepburn e peculiar por sua aparência e comportamento mais próximos aos humanos do que robôs anteriores. David Hanson diz que Sophia tem inteligência artificial e pode realizar processamento de dados

visuais e reconhecimento facial. Sophia não somente imita gestos e expressões faciais humanas, como também é capaz de responder a certas perguntas e ter conversas simples sobre tópicos predefinidos, analisa conversas e abstrai dados que permitem-lhe melhorar suas respostas futuras. É conceitualmente semelhante ao programa de computador ELIZA, que foi uma das primeiras tentativas de simular uma conversa humana.
Hanson projetou Sophia a fim de que fosse companhia para idosos em casas de repouso ou para ajudar multidões em grandes eventos e parques. Ele espera que o robô Sophia interaja suficientemente com seres humanos para eventualmente adquirir competências sociais.
O robô Sophia foi entrevistado da mesma forma que um ser humano seria, estabelecendo conversas com os anfitriões. Algumas respostas foram absurdas e outras impressionantes. Em uma entrevista para a CNBC, quando seu criador perguntou “Você quer destruir os humanos? …por favor diga que não”, Sophia respondeu imediatamente com um “OK, eu destruirei os humanos”, resposta que deixou Hanson vermelho. Em outra entrevista à CNBC, quando o entrevistador expressou algumas preocupações sobre o comportamento de robôs, Sophia brincou dizendo que ele estava “lendo muito Elon Musk e assistindo muitos filmes de Hollywood”. Elon Musk, em um tweet, disse “Mostrem os filmes do O Poderoso Chefão pra ela. O que é o pior que poderia acontecer?”.
Em 11 de outubro de 2017, o robô Sophia foi apresentado à Organização das Nações Unidas durante uma breve conversa com a vice-secretária-geral das Nações Unidas, Amina J. Mohammed. No dia 25 de outubro, durante o Future Investment Summit em Riyadh, recebeu cidadania da Arábia Saudita, tornando-se o primeiro robô a ter uma nacionalidade.

 

Não há motivo para ter medo. Analisando os dois lados públicos desta Robô podemos ver de um lado Asiáticos, Jovens Chineses que ficam animados com a ideia e mal podem esperar pelo futuro onde poderão aprender com esses robôs e viver com eles, ser ajudados e ensinados.
E do outro lado Norte Americanos, Latino Americanos assustados pois acreditam que esse é o incio do fim da era tecnológica, quando o Exterminador do Futuro surge sobre a terra, Exércitos de robôs marchando e tomando conta da cidade. Isso nos mostra uma psicologia cultural de povos diferentes e a verdade fundamental é que nenhum de nós sabe o que vai acontecer ou ate onde será bom e ate onde não será.  Mas vale experimentar, vale inovar e pensar sobre o que poderia acontecer, o quanto podemos aprender e fazer valer o ditado que muitas vezes é usado com a direção errada “Aproveitar enquanto pode” Aproveite, fique imerso em informação, mergulhe de cabeça nesta ideia. O Futuro passa por nós como um relampago, cabe a nós entrarmos nessa ou continuarmos pensando que arquivos podem ser gravados em disquetes.

Se atualize, busque inovação. Esteja com a informação na ponta da língua!

 

 

Joaquim Oliveira – O Criador de Ideias

Como Inovar seu E-commerce e sair na Frente

Você tem seguido as informações sobre o E-commerce?

O E-commerce no Brasil nos últimos anos teve um crescimento significativo, com isso a evolução nos alcançou em todos os sentidos.  Desde o comportamento de seus  consumidores até suas exigências de mercado. Seus clientes se tornaram mais exigentes, e se voce não se intera para fazer melhor, eles encontram outro fornecedor que se interou. Com base nisso tornou-se necessário aplicar uma série de boas práticas para que o negocio possa se engajar nas novas métricas de mercado e inovação.

O Primeiro passo para criar um e-commerce de sucesso é entender que os clientes estão se afastando do “comprar por comprar” cada vez mais. Procurando pelas melhores ofertas. Quando pensamos nesse cenário devemos parar para pensar sobre a necessidade de proporcionar boas experiencias e  propostas. Para ter um e-commerce de sucesso deve-se prezar por um atendimento excelente.

O Segundo passo envolve a experiencia do usuário, é preciso focar a navegabilidade do usuário entre outros pontos que compõem a montagem de um experiencia agradável.

Deve se pensar no design (a maioria dos usuários lida com um Smartphone)

É importante colocar apenas informações relevantes (Além de tornar o visual mais clean, isso evita o desvio do foco do consumidor para informações sem valor e que podem atrapalhar todo o processo)

Compra facilitada (inclui a escolha dos itens, colocação no carrinho, meios de pagamento e finalização da compra)

Velocidade de carregamento (sites que demoram para carregar tendem a fazer o cliente desistir da compra e buscar uma loja concorrente para adquirir o produto)

Atendimento de qualidade (colocar um chat na sua loja durante o horário comercial ajuda bastante a aumentar as vendas em e-commerce)

O Terceiro passo inclui a utilização correta do marketing digital, essa é uma fase muito importante para seu e-commerce. Utilize um e-mail marketing para enviar ofertas e fazer contato com seus clientes. Aumentando sua venda e credibilidade, dê atenção aos seus clientes.

 

O Quarto passo envolve seu relacionamento com o cliente, o êxito pós vendas. Com uma estratégia de relacionamento voce começa a entender seu cliente e identificar do que ele precisa e o que ele procura. Vender coisas é muito fácil, Mas seu diferencial deve ser vender Soluções.

Seguindo esses Quatro passos de Ouro se negócio entrará no eixo e acompanhará a Inovação que muda  e molda o mundo a cada dia.

 

 

 

Joaquim Oliveira – O Criador de Ideias

Tecnologia Disruptiva, Você está Pronto?

O termo “tecnologias disruptivas”, que vem de ruptura, caracteriza produtos e serviços que transformam o mercado e, de certa maneira, desestabilizam os concorrentes que antes o dominavam. Alguns eemplos conhecidos são os serviços oferecidos pelas marcas Uber, Apple, Netflix, Spotofy, 99,Google, entre outras, que reinventaram a forma de se locomover, de se ouvir música, de se assistir a um filme e se “buscar” informações na internet. Essas tecnologias são mais simples, baratas e acessíveis do que as opções disponíveis no mercado, e também são capazes de estabelecer uma nova forma de relacionamento entre o produto ou serviço inovador e o público consumidor. Existem dois tipos de tecnologias disruptivas: A evolucionária e a Revolucionária.

As tec­no­lo­gias evolucionárias provocam me­lho­rias in­cre­men­tais nos produtos/serviços; as re­vo­lu­cio­ná­rias provocam grandes alterações; e as tec­no­lo­gias disruptivas des­troem o que existe, atendendo às mesmas exi­gên­cias dos clien­tes com diferenças bastante significativas, utilizando algo completamente diferente e novo. Even­tual­men­te, uma tecnologia disruptiva domina um mercado, seja preen­chen­do um espaço não atendido pela tecnologia antiga ou ocupando lentamente um lugar no mercado, começando com um produto mais barato com desempenho in­fe­rior e, através de aper­fei­çoa­men­tos, finalmente se apossando do espaço dos líderes de mercado. Um bom exemplo de tecnologia disruptiva são os E-books, estes são a virada que começa a ocorrer, e

praticamente todos têm dúvidas quanto à sua amplitude, seus efei­tos e suas consequências na indústria de comunicação (editoras, gráficas, dis­tri­bui­do­ras, livra­rias). Sua importância pode ser ava­lia­da pelo número de artigos que estão sendo dedicados a esse tema e pela atenção que todos os interessados estão tendo em acompanhar passo a passo o desenvolvimento e a evolução do assunto.

A Inovação está presente em todo canto no seu dia-a-dia. Seja nas formas de pesquisa, sejam nas musicas que voce ouve ou ate mesmo no seu trajeto diário.

Um Exemplo de tecnologia disruptiva são os robôs de inteligencia artificial criados recentemente. Criados para facilitar as pesquisas e a forma de vida do ser humano. O fato é que as tec­no­lo­gias disruptivas estão aí e não dá para fingir que elas não existem, pois o risco de elas afetarem profundamente vá­rios ramos de negócio não é pequeno. Mas, dian­te disso, o que o empresário pode e deve fazer com relação às tec­no­lo­gias disruptivas?

Em pri­mei­ro lugar, manter-​­se informado é de vital importancia, pois o volume de informações que surge a todo momento é espantoso. É necessário se informar de tudo, ler vá­rias opi­niões sobre o mesmo tema e tentar, dentro do possível, fazer uma análise crítica para chegar a uma visão própria sobre o assunto, lembrando que, principalmente no que tange às ten­dên­cias, mui­to do que se fala podem ser estimativas, visões ou opi­niões que talvez não estejam apoia­das em fatos concretos.

Em segundo lugar, pensar sempre estrategicamente, porém sem dei­xar de in­cluir uma análise de risco para as decisões de longo prazo. O plano B passa a ser cada vez mais importante (e por que não pensar nos planos C, D etc?), pois não se pode ­apoiar toda a estratégia da empresa em apenas uma alternativa de futuro. Não se pode, também, só pensar no curto prazo, porque provavelmente algumas ações ne­ces­sá­rias para o futuro dei­xa­rão de ser tomadas. 

Também não é menos importante se preo­cu­par em manter uma equipe tecnicamente atua­li­za­da e pronta para rea­gir, ou melhor, antever as novas tec­no­lo­gias, adaptando-​­se rapidamente a elas e tirando delas o pro­vei­to que o seu negócio pode obter da forma mais rápida possível. É fato que as novas tec­no­lo­gias aparecem mui­to rápido e também desaparecem na mesma velocidade. Quem perde o trem da história corre o risco de não apro­vei­tar os be­ne­fí­cios que as novas tec­no­lo­gias podem trazer para os ne­gó­cios.
Para con­cluir, é imprescindível que o empresário esteja preparado e goste de mudanças.

O perfil extremamente conservador tende a perder espaço no mundo das Inovações. O ou­sa­do cons­cien­te deve ser o perfil mais adequado para o am­bien­te que se aproxima. O futuro está aí e é incerto. Podemos temê-​­lo ou nos preparar para enfrentá-​­lo. Esta será a escolha de cada um.

 

 

Joaquim oliveira – o Criador de Ideias